• ASSISTA AO VIVO

  • REGULAMENTO

  • TABELA E RESULTADOS

  • INFORMATIVOS E NOTAS OFICIAIS

  • Círculo Militar do Paraná/ARBS (PR) e Tijuca (RJ) são campeões da série prata e bronze Sub-16

    Após seguirem um intenso caminho de vitórias e derrotas, a categoria Sub-16 masculino já tem campeões nas séries prata e bronze da 18ª Taça Paraná. Nesta quinta-feira (01.11), os paranaenses do Círculo Militar do Paraná/ARBS e o Tijuca (RJ) saíram com o título em suas divisões. As partidas ocorreram no Complexo Esportivo Ney Braga, em São José dos Pinhais. 

    As decisões começaram pela série bronze, onde os cariocas do Tijuca fizeram o confronto final contra o Santa Mônica Clube de Campo (PR). A equipe do Rio dominou o primeiro set e isso deu bastante confiança para o restante da partida, que foi vencida por 2 sets a 0, com parciais de 25/10 e 25/20. 

    Não somente o resultado e a medalha de primeiro lugar deixaram o técnico do Tijuca, professor Rodrigo Barreto, contente, mas todo um conjunto que envolve a participação na Taça Paraná. "A competição está cada vez mais motivadora e, esse ano, mais ainda devido ao novo formato de disputa de séries ouro, prata e bronze. Por ter perdido uma partida importante eu estaria fora, mas aí nesse formato eu caí numa série bronze ao invés de sair da disputa. Devido a essa possibilidade, o time continuou motivado para ganhar essa medalha. Eu estou muito feliz, espero que todos os clubes saiam satisfeitos", conta o professor. 

    Rodrigo ainda destaca o importante papel da Taça para o desenvolvimento dos atletas de base ao elogiar toda a estrutura e organização do evento. "A Taça Paraná é muito legal, aqui a gente vem para aprender, para jogar com o Brasil inteiro e  o que os treinadores estão fazendo aqui é uma clínica de vôlei; o fair play a gente ensina aqui, as vezes a torcida se manifesta de uma forma diferente ou os nossos atletas fazem alguma coisa errada e aí entra também o papel educacional que o evento proporciona. Saímos do Rio de Janeiro para vir até aqui e fomos muito bem tratados, toda a equipe é nota dez, isso aqui é um sonho e faz parte do nosso planejamento de todo ano", finaliza o professor. 

    A medalha de terceiro lugar da série bronze ficou com a Abel/Havan/Brusque (SC), que venceu a equipe de São José dos Pinhais (PR) por 2 sets a 0. 

    Na série prata, uma partida muito equilibrada e decidida no tie-break definiu o campeão. O Círculo Militar do Paraná/ARBS (PR) venceu, por 2 sets a 1, o Sogipa (RS), com parciais de 22/25, 25/15 e 15/12. O técnico campeão, professor Eduardo Lindner, destaca a evolução da sua equipe desde a recente participação do campeonato Paranaense, disputados há poucos dias antes da Taça, até a conquista do troféu de campeão. "A partida foi superequilibrada, qualquer um poderia ter ganho e o tie-break foi definido no detalhe. No segundo set conseguimos imprimir bastante vigor no saque e desestruturar a linha de passe do Sogipa e isso nos deu volume de jogo. A equipe veio do campeonato estadual direto para essa competição e isso, com certeza, nos ajudou. Nessa idade menor quanto mais volume de jogo, sets jogados e competições disputadas mais a equipe vai evoluir", conta Eduardo. 

    O terceiro lugar ficou com a equipe da AVP/Dental Uni/Curitiba (PR), que sofreu um revés para o Círculo Militar e para o Sogipa. As partidas aconteceram no Complexo Esportivo Ney Braga, em São José dos Pinhais. 

    Confira todos os resultados e tabela de jogos pelo Match Center:  http://solumaxsolutions.com.br/tacaparana/matchcenter/ 

    A Taça Paraná é uma realização da Federação Paranaense de Voleibol (FPV), em parceria com a Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais, apoio do Sesc-Fecomércio e CREF9/PR e patrocínio da Promotional Travel, Mundovolei e XSPORT- Intercâmbio Esportivo. Para mais informações acesse: www.tacaparanadevolei.com.br . Acompanhe também pelo perfil oficial do evento no Instagram @tacaparana e na fanpage Taça Paraná de Voleibol. 

    Assessoria Taça Paraná
    Thiago Chas
    imprensa@tacaparanadevolei.com.br