• ASSISTA AO VIVO

  • REGULAMENTO

  • TABELA E RESULTADOS

  • INFORMATIVOS E NOTAS OFICIAIS

  • Sub-16: Positivo Master/AVV (PR) sobe um degrau em relação ao ano passado e garante o ouro

    Os representantes da cidade de Ponta Grossa, no Paraná, do Positivo Master/AVV conquistaram a medalha de ouro na categoria Sub-16 masculino. Nesta sexta-feira (2) a equipe teve o confronto decisivo do triangular final e com uma vitória por 3 a 0 (25/18 26/24 25/20) sobre o Centro Olímpico (SP), garantiu o primeiro lugar que havia escapado no ano passado, para o Fluminense.

    No comando da equipe nas duas edições da competição, o treinador Lauri celebrou bastante a conquista, principalmente pela dificuldade dos jogos e pela atuação dos atletas. “Uma campanha brilhante. Oito jogos, oito vitórias, passamos por adversários tradicionais, como os cariocas, Flamengo, Fluminense, Botafogo, a equipe de Brasília também. O caminho não foi fácil, mas graças a Deus tudo deu certo. O elenco encaixou a partir da segunda fase e o resultado foi coroado”, relata Lauri.

    Com seis vitórias seguidas, o Positivo Master garantiu a classificação para as finais. Com a experiência do ano passado, o time chegou mais preparado para a conquista. Diante do Botafogo, os paranaenses abriram 2 a 0, mas sofreram o empate. No tie-break, com muita emoção, vitória do time de Ponta Grossa por 23 a 21.

    A vitória manteve o sonho do ouro vivo. Bastava um novo triunfo, desta vez diante do Centro Olímpico (SP), para garantir o primeiro lugar. Sem dar chances ao azar, o Positivo Master aplicou um 3 a 0 (25/18 26/24 25/20) nos paulistas e pode, finalmente, soltar o grito de campeão.

    “Agora dá um alívio porque isso é fruto do nosso treinamento. O nosso grupo se uniu bastante e conseguimos buscar o resultado que esperávamos. Ano passado eu estava em quadra no vice diante do Fluminense, então este ano voltamos com uma equipe mais estruturada e com o pensamento que este ano daria para sair com o título”, revela o capitão Matheus, bastante feliz.

    Terceiro colocado, o técnico do Centro Olímpico, André Vicente, também comemorou a medalha. Para o treinador, estar no pódio da principal competição de base do Brasil é motivo de festa. “Estamos participando desde 2015, para a gente foi muito satisfatório esse ano com a decisão. Viemos de uma preparação muito forte em São Paulo para chegar forte na Taça Paraná. Chegamos quietinhos no campeonato, fomos avançando e conseguimos esta medalha inédita para o Centro Olímpico”, conta Vicente.

    Confira todos os resultados e tabela de classificação final no Match Center:  http://solumaxsolutions.com.br/tacaparana/matchcenter/

    A Taça Paraná é uma realização da Federação Paranaense de Voleibol (FPV), em parceria com a Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais, apoio do Sesc-Fecomércio e CREF9/PR e patrocínio da Promotional Travel, Mundovolei e XSPORT- Intercâmbio Esportivo. Para mais informações acesse: www.tacaparanadevolei.com.br . Acompanhe também pelo perfil oficial do evento no Instagram @tacaparana e na fanpage Taça Paraná de Voleibol.

    Assessoria Taça Paraná
    Guilherme Becker
    imprensa@tacaparanadevolei.com.br